Loading...

terça-feira, 9 de agosto de 2011

3. Mésons:



É um bóson que responde à forte interação, ou seja, um hadron com giro inteiro.  No Modelo Padrão, os mésons são partículas compostas em um estado de quark - antiquark.  Acredita-se que todos os mésons conhecidos consistem de um par quark-antiquark - os chamados quarks de valência - mais um "mar" de quark-antiquark pares e gluons virtual.. Os quarks de valência podem existir em uma superposição de estados de sabor (física), por exemplo, o píon é neutro ou um casal de cima para baixo ou um par antiarriba-antiabajo mas uma superposição quântica de ambos igualmente. Mesons Pseudoscalars (com spin 0) têm a energia mais baixa de descanso, onde o quark e antiquark têm spin oposto, em seguida, o méson vetor (com spin 1), onde o quark e antiquark têm spins paralelos.  Ambos vêm em versões com maior energia, onde o spin é aumentado pelo momento angular orbital. Todos los mesones son inestables. Todos os mésons são instáveis.
Mesões foram originalmente previstos como transportadores da força que liga os prótons e nêutrons, daí o seu nome. . Quando descoberto, o muon foi identificado com esta família de massa semelhante e foi nomeado "mu meson", mas não mostram uma forte atração para a matéria nuclear e na verdade é um lépton. O pion foi o primeiro verdadeiro meson para ser descoberto.

Descoberta:
A existencia de méson foi proposto pelo japoneês Hideki Yukawa físico nuclear em 1934. Sua idéia era que houvesse um número de partículas mais pesadas que o elétron que foram responsáveis ​​pela interação nuclear forte.  Inicialmente pensava-se que essas partículas eram muons (incorretamente chamados mésons), mais tarde des cobriu-se que estes pertenciam ao grupo dos leptões. Postulado por Yukawa mesons foram descobertos em 1947 por Powell e chamou mésons ou píons. Eles foram descobertos mais tarde grupos de mésons, incluindo K-mésons ou kaons.  Existem vários contadores, que são produzidos nas interações entre bárions são instáveis.  Embora inicialmente definida por sua massa entre a do elétron e do próton, a massa é maior que o último. Mésons consistem de um quark e um antiquark.




Classificação:
a)      Mesons leves ou Mesons mu(µ): Em 1935, o físico Yukawa, estudando matematicamente como se deve processar o equilíbrio entre os neutrons e os prótons no núcleo dos átomos, concluiu o seguinte: para se explicar este equilíbrio, deve-se admitir a existência de uma outra partícula. Concluiu matematicamente que essa partícula deve ter carga elétrica, e deve ter massa intermediária entre a do próton e a do elétron (daí o nome méson). No ano seguinte os físicos Carl D. Anderson e Neddermeyer comprovaram experimentalmente a existência da partícula. Eles verificaram mais o seguinte:
1.      Que este mésons têm massa aproximadamente igual a 212 vezes a massa do elétron;
2.      Que têm carga elétrica de valor absoluto igual à do elétron;
3.      Que existem dois mésons com essa massa: um com carga positiva, outro com carga negativa. Êsses mésons são os que hoje chamamos mésons leves: o méson leve positivo e o méson leve negativo.

b)      Mesons Pesados ou Mesons pi (π): Em 1947 os físicos Cesar Lattes, Ochialini e Powell descobriram mais dois mésons. São partículas que têm as seguintes características:
1.      Massa aproximadamente igual a 300 vezes a massa do elétron (daí o nome de mésons pesados, porque são mais pesados que os descobertos por Anderson e Neddermeyer);
2.      Um têm carga elétrica positiva, outro têm negativa. Até 1948 estes quatro mésons só eram observados em raios cósmicos, isto é, chegados à superfície da Terra através da atmosfera.

c)      Mesons Neutro: Tem massa de mesma ordem de grandeza que a dos mésons pesados, e não tem carga elétrica. Suas propriedades são muito mal conhecidas.

Resumo:
  
Curiosidades:
Ø  Foi o brasileiro César Lattes quem conseguiu provar a existência do "méson pi", partícula atômica descoberta através de cálculos matemáticos, pelo japonês Hideki Yukawa. Lattes fotografou o "méson pi" nos raios cósmicos, abundantes na atmosfera rarefeita das grandes altitudes, no alto do Monte Chacaltaya, Bolívia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário